Advertisement Section

Prefeitura de São Gonçalo lança site “MuseUmbanda”

Tempo para ler1 Minutos, 19 Segundos

MuseUmbanda irá abordar a importância da luta contra a intolerância religiosa. São Gonçalo é considerado o berço da anunciação da Umbanda

Encerrando a 1ª Semana da Umbanda de São Gonçalo, foi lançado, na noite do último sábado (20/11), no Teatro Municipal, o site MuseUmbanda que irá abordar a importância da luta contra a intolerância religiosa. O secretário municipal de Turismo e Cultura, Lucas Muniz, e a subsecretária de Gestão Integrada e Projetos Especiais, Maria Gabriela Bessa, prestigiaram o evento.

São Gonçalo é considerado o berço da anunciação da Umbanda, uma religião brasileira com elementos de religiões africanas, indígenas e cristãs.

Pela primeira vez, em 113 anos de existência, uma gestão recebe a Umbanda com alegria e respeito. Estar no palco do principal equipamento cultural da cidade nos enche de esperança pelo fortalecimento da religião”, declarou Fernando Torres, membro do Conselho Municipal de Cultura de São Gonçalo.

O lançamento da plataforma virtual contou com a presença de importantes nomes da Umbanda e do Candomblé da cidade, além de uma mesa de debates formada por Alexandre Cumino, cientista da religião, diretor da Associação Umbandista e Espiritualista do Estado de São Paulo, médium de Umbanda e sacerdote da Umbanda Sagrada; Cláudia Alexandre, jornalista, doutoranda em Ciência da Religião e mestre em Ciência da Religião; Marcelo Fritz, jornalista, produtor cultural e diretor do Prêmio Atabaque de Ouro; e José Beniste, ogã, historiador e pesquisador.

Através do site MuseUmbanda, se pode encontrar informações sobre documentos históricos, obras de arte, ter acesso a vídeos e publicações sobre o tema Umbanda. E, em breve, os desenvolvedores do site também irão mapear os terreiros de Umbanda e suas lideranças em São Gonçalo. O MuseUmbanda também se propõe a pensar o racismo e a intolerância religiosa contra as religiões de matrizes africanas, sendo um instrumento pedagógico de combate às opressões.

Fonte: Redação Diário do Rio

Happy
Happy
0
Sad
Sad
0
Excited
Excited
0
Sleepy
Sleepy
0
Angry
Angry
0
Surprise
Surprise
0

Deixe uma resposta

Previous post Conheça 10 startups de empresários negros brasileiros
Next post O Aeroporto Pinto Martins e a consciência negra no Ceará
%d blogueiros gostam disto: