Advertisement Section

Quem é ‘Candyman’? Novo vídeo de divulgação explora a história por trás do vilão icônico do terror

Tempo para ler2 Minutos, 22 Segundos

Quem é Candyman e o que ele representa? Um novo vídeo explora a questão.

Em um novo featurette em Candyman de Nia DaCosta , fica claro que o vilão titular é mais do que apenas um homem. Em vez disso, ele é um símbolo, uma metáfora e uma personificação. Mas de que exatamente? Descubra por si mesmo abaixo do trailer e sinopse.

Sinopse : 

Desde que os moradores se lembram, os conjuntos habitacionais do bairro Cabrini-Green em Chicago foram aterrorizados por uma história de fantasmas boca a boca sobre um assassino sobrenatural com um gancho na mão, facilmente convocado por aqueles que ousam repetir seu nome cinco vezes em um espelho. Nos dias atuais, uma década após a última das torres do Cabrini ter sido demolida, o artista visual Anthony McCoy (vencedor do Emmy Yahya Abdul-Mateen II; Watchmen, Us) e seu parceiro, a diretora da galeria Brianna Cartwright (Teyonah Parris; If Beale Street Could Fale, WandaVision), mude-se para um condomínio loft de luxo em Cabrini, agora enobrecido além do reconhecimento e habitado por millennials em ascensão. 

Com a carreira de pintura de Anthony à beira do empate, um encontro casual com um veterano do Cabrini-Green (Colman Domingo; Zola, Black Bottom de Ma Rainey) expõe Anthony à horrível história real por trás de Candyman. Ansioso para manter seu status no mundo da arte de Chicago e estimulado por seu negociante de arte branca, Anthony começa a explorar esses detalhes macabros em seu estúdio como uma nova inspiração para pinturas, sem saber abrindo uma porta para um passado complexo que desvenda sua própria sanidade e desencadeia uma terrível onda de violência que o coloca em rota de colisão com o destino. 

Candyman: a lenda urbana

A história por trás do assassino icônico nasceu no conto escrito Clive Barker (o mesmo de ‘Hellraiser’) em 1985, ‘The Forbidden’, publicado no Brasil pela DarkSide Books. Na trama, Candyman era Daniel Robitaille, um dos muitos escravos de uma plantação de New Orleans. O personagem acaba se envolvendo com a filha do dono das terras e acaba morto sob tortura. 

Após ser espancado e ter sua mão decepada, Daniel é amarrado e tem mel espalhado por todo seu corpo e rosto para ser atacado por abelhas e formigas. Pessoas que testemunharam o assassinato debocharam do escravo e o chamaram de “Candyman” (“homem doce”, na tradução do inglês) cinco vezes antes da (até então) vítima, enfim, morrer. 

Antes de sucumbir, o personagem amaldiçoou todos ao redor. Em vida, “Candyman” foi a última palavra que disse. Um século depois, Daniel retorna do Além com um gancho no lugar da mão cortada. Quem ousasse pronunciar a palavra cinco vezes em frente a um espelho, teria como destino a morte.

novo pôster do candyman dimensionado 1 1024x1621 - Quem é 'Candyman'?  Novo Featurette explora o vilão icônico do terror

A Universal Pictures apresenta, da Metro Goldwyn Mayer Pictures e Jordan Peele e Win Rosenfeld’s Monkeypaw Productions, em associação com BRON Creative,  Candyman .  Candyman  é dirigido por DaCosta e produzido por Ian Cooper ( Nope , Us , de  2022  ), Rosenfeld e Peele. O roteiro é de Peele & Rosenfeld e DaCosta. Os produtores executivos do filme são David Kern, Aaron L. Gilbert e Jason Cloth.  

Fonte: Dread Central e Olhar Digital

Happy
Happy
0
Sad
Sad
0
Excited
Excited
0
Sleepy
Sleepy
0
Angry
Angry
0
Surprise
Surprise
0

Deixe uma resposta

Previous post O IDE chinês em África
Next post Entenda como a indústria da beleza tentou embranquecer as mulheres negras
%d blogueiros gostam disto: